Chocolate em outros idiomas

terça-feira, fevereiro 19, 2013

A Diferença entre Chocolate e Coberturas

Olá! Com a Páscoa chegando, muita gente aproveitará o momento de liberdade chocólatra para se deliciar com diferentes tipos de chocolate, industrializados, caseiros, gourmets (sempre com chocolate nobre importado ou algumas marcas nacionais específicas) e  finos (atualmente, algumas linhas Premium de chocolate nacional e novamente os importados com mais de 40% de sólidos de cacau)… Então, acho que é um bom momento para deixar aqui no blog um registro sobre a diferença do chocolate e as coberturas de chocolate fracionadas e hidrogenadas. Porque temos aqui três itens diferentes que vale a pena conhecer.
Chocolate: aqui no Brasil possui 25% ou mais de pasta/massa de cacau, independentemente de sua saborização, e nas 4 versões básicas se dá uma variação da quantidade de massa de cacau, manteiga de cacau, açúcar e leite. Vale lembrar que o “chocolate” branco não possui massa de cacau, sendo basicamente feito com 100% de manteiga de cacau e não outra gordura vegetal, já comentei em post anterior, lembra?
DSCF5299
É esse o chocolate recomendado para alta qualidade em ovos de páscoa, bombons, trufas, brigadeiros, recheios e por aí vai. O chocolate PRECISA do processo de TEMPERAGEM para adquirir boa textura, ficar brilhante e se solidificar corretamente, em cascas, barras e formas moldadas. Futuramente, postarei sobre isso, ok?
2013-02-16 20.46.40
Agora, voltando a diferença, para quem já comeu algum chocolate e sentiu um gostinho estranho, gorduroso no céu da boca, eu costumava dizer quando criança, que o chocolate estava ‘sebento”. rsrs (sou apreciadora de bons chocolates há muito tempo, meu pai me achava uma “xaropinha” divertida em relação ao chocolate, afinal, não conseguia me enganar).
Bem, nesse caso é preciso esclarecer que se tem o conhecido chocolate fracionado ou hidrogenado, pois a composição tem menos de 25% de teor de cacau, então, oficialmente não é chocolate, e sim, uma “cobertura sabor chocolate”, e já são classificados assim pelas empresas do ramo, para aqueles que como eu já compram quilos de  chocolate em lojas de confeitaria, já se depararam com embalagens de mesma marca, com indicações diferentes, uma como CHOCOLATE e a outra como Cobertura de Chocolate (Fracionada/Hidrogenada).
Como a própria embalagem indica, seu uso é mesmo para cobertura, ou seja, formar casquinas para trufas ou pão de mel, por, exemplo (onde o sabor principal é o recheio, mas ainda assim faz uma bela diferença no resultado final), ou para enfeites que não derretam facilmente, pois tem durabilidade maior no calor, já que a manteiga de cacau é substituída por outras gorduras vegetais.
Vale ressaltar que o CHOCOLATE é o único alimento do mundo que derrete exatamente à temperatura do corpo (a manteiga de cacau derrete a 36º C, por isso que um bom chocolate derrete na boca), já as coberturas demoram mais para derreter e eis o motivo do sabor da gordura ficar mais evidente, no caso de sua utilização para chocolates maciços ou cascas.
As coberturas devido a esses detalhes são mais simples de trabalhar, porque não precisam de temperagem, embora, algumas precisem de uma certa temperatura para derretimento, conforme descrito em suas embalagens.
Ah, tem mais, mesmo essas coberturas sendo compostas por gordura vegetal hidrogenada, têm sim diferenças entre si e são elas:
Cobertura Fracionada: sofre um processo que quebra/fraciona as moléculas de gordura e tem ponto de derretimento próximo ao do chocolate, valorizando seu sabor e textura.
Cobertura Hidrogenada: tem maior resistência ao calor, sendo útil em locais muito quente, na exposição e transporte.
Entretanto, voltando ao chocolate ‘nobre’, a temperagem correta é uma habilidade fundamental, pois do contrário, após o derretimento ele fica mole, esfarelado, talhado, opaco e também menos saboroso.
Após derretido, o chocolate na forma líquida esfria e volta a se solidificar, mas de modo descontrolado onde as gorduras presentes na manteiga de cacau começam a misturar os cristais em tamanhos e formas variadas, tornando a superfície do chocolate matizada e opaca.
2012-10-08 19.43.11 2012-10-08 19.47.29
IMG_4914
Há diferentes métodos de realizar a temperagem que são: banho-maria frio, por difusão e profissional (na pedra de mármore/granito). É importante dizer que o termo “difusão” é utilizado, porque pequenos pedaços de chocolate sólido são misturados vagarosamente ao chocolate derretido para incorporação dos cristais/partículas da manteiga de cacau, sendo crucial a manutenção da temperatura correta.
Obs.: Os cristais se separam no derretimento e a temperagem é feita para que esses cristais se juntem novamente, e assim a superfície do chocolate fica brilhante.
2013-02-17 20.03.38 2013-02-17 20.03.58
2013-02-17 20.03.13
Importante: A correta temperagem demanda disponibilidade de tempo, paciência e temperatura ambiente correta, os três itens primordiais para o bom andamento do processo, viu?
2013-02-17 10.27.05  IMG_4955
Bem, é isso, agora… que venham os ovos de Páscoa. rs
Beijos,
Fontes:
  • Revista Receita Certa Chocolândia – Edição 15
  • Aventuras com Chocolate, Paul A. Young – Ed. Marco Zero

8 comentários:

  1. a composição de um chocolate fracionado é diferente da cobertura fracionada?

    ResponderExcluir
  2. Não, é a mesma. Tem menos de 25% de teor de cacau, sendo assim, nem dá para denominar como chocolate fracionado. Pode notar que nas embalagens constam como 'cobertura' fracionada e não como chocolate.
    ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Lidy Regina,

    Eu sou a Roberta Braga.
    E estou com uma dúvida.
    Eu tenho uma encomenda de maçã do Amor pra fazer e a cliente quer rosa Bebê.
    Mais trabalhei com uma Marca da Harald branca que ficou logo opaca, assim q saiu do banho Maria.
    Vc pode me indicar o chocolate certo para eu fazer as minhas encomendas.
    Fico Aguardando a sua Resposta. Obrigada, Bjs, Roberta

    ResponderExcluir
  4. Olá Roberta.
    Eu, particularmente sou a favor de usar sempre chocolate para cobertura, digo chocolate, pois é melhor optar sempre por aqueles que na embalagem indicam que "precisa" fazer a temperagem, pois além de ficar visualmente mais bonito, o sabor melhora absurdamente.
    Então, as marcas que eu gosto para chocolate branco são Callebaut (ele tem também na versão rosa, nesse caso é chocolate branco com sabor morango), e nacionais, eu gosto das marcas Nestlé, Cargill Genuine (Specialle é só para cobertura e não precisa de temperagem) e Sicao, da Harald também fica bom com o Melken (esse é o chocolate que precisa de temperagem).
    Ah, como mencionei no post, opte pelas embalagens que indicam como "Chocolate" se estiver escrito cobertura, acho que o sabor perde um pouco viu (opinião minha)?
    Outra dica bacana é que você observe na embalagem do produto a composição, os melhores chocolates não têm gordura vegetal e precisam da temperagem, dá mais trabalho, mas é compensado no melhor sabor.
    Espero ter ajudado e bom trabalho.
    Bjs
    Lidy

    ResponderExcluir
  5. Qual chocolate ideal para cobertura de alfajor ? Pode citar marcas ?

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Bom, primeiramente o ponto principal é que seja chocolate mesmo, ou seja, aqueles que precisam de temperagem/choque térmico, pois os chocolates denominados como 'coberturas' (hidrogenado ou fracionado), comprometem o sabor e a qualidade do produto final. Essa é minha opinião em relação ao ideal.
    Em relação as marcas, gosto das nacionais Nestlé, Cargil Genuine e da Sicao (produção nacional da Callebaut) nessa ordem, e da marca importada Callebaut, com certeza.
    ;)

    ResponderExcluir
  7. Olá, Lidy Regina, qual marca de chocolate comprar para fazer ovos de páscoa de qualidade? ou seja um chocolate puro.

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Particularmente, gosto de 4 marcas, se você puder investir em importados, opte pelo chocolate Callebaut, se optar pelos nacionais, boas marcas são Nestlé, Cargil Genuine e Sicao (fuja das versões identificadas como cobertura, hein?)rs
    Todos esses chocolates precisam de temperagem, no importado você não tem gordura vegetal e nos nacionais nesse caso, ainda tem um pouco, mas a quantidade é bem inferior às quantidades dos hidrogenados/fracionados.
    No Brasil, isso acontece porque a quantidade de massa/sólidos de cacau, como mencionado nessa postagem é de no mínimo 25%, então para baratear custos e devido as nossas temperaturas, mesmo as marcas de chocolate nacional nobre tem essa adição de gordura. A grande diferença que deve ser ressaltada é que nas coberturas (fracionadas ou hidrogenadas) você não tem nada de massa/sólido de cacau, por isso fuja dessas na hora de fazer seus ovos.
    Espero ter ajudado e sucesso nessa Páscoa.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...